Tireóide, nódulos e tumores na metafísica da saúde

Problemas na Tireóide de forma geral, estão ligados à autoestima e, por conta deste “esquecimento” de si mesmo, a necessidade da aprovação alheia é primordial.
A diferença das pessoas que possuem hipotireoidismo está na criatividade . Pessoas propensas ao hipotireoidismo são muito criativas e não conseguem expor ou por em prática suas ideias. Pessoas apenas com nódulos ou tumores na tireoide, geralmente não são tão criativas, porém a cobrança da “perfeição” em si mesmas e a aprovação dos outros são praticamente iguais, sufocando a raiva, a revolta quando não alcançam o sucesso.
Esta cobrança começa pela autocrítica, pois não conseguem gerenciar os impedimentos, ou problemas que aparecem ao longo de nossas vidas, ao realizarmos nossos objetivos e metas. Não conseguem ver que problemas todos possuem e que na vida, de forma geral, há acertos e enganos e que é exatamente este caminho de encontros e desencontros que nos ensina os caminhos corretos.

Os nódulos e tumores são os entraves que não conseguimos aceitar.

A mágoa gerada pelo fracasso traz dor e sofrimento e por mais que se tenha razão por este ou aquele fator externo, as doenças são os reflexos de nossas atitudes; a maneira como reagimos a determinado bloqueio ou problema definirá os resultados visíveis em nosso corpo físico. Sufocando sentimentos pode acelerar somaticamente problemas já existentes.

O que fazer?
Sem querer ser repetitivo, mas sendo, a autoestima e o amor próprio são caminhos que levam ao sucesso a maioria dos seres. Saber que absolutamente todas as pessoas passam por situações problemáticas, além de bloqueios, as vezes intransponíveis, em seus objetivos.

Diz o oriental: Onde você está é onde você deve estar. Se está no inferno e aceitar isso, o inferno pode acabar, pois ele só existe na sua atitude tensa e resistente. Tudo o que você rejeita cria resistência e torna-se um inferno, tudo o que você aceita cria facilidade e torna-se um céu. A verdadeira alquimia é transformar o inferno no céu. Você também pode fazer isso. Repare que você se leva para onde você vai. Quer dizer, você se reflete no mundo exterior conforme o que carrega no seu interior. Você leva seu coração na imagem que projeta por onde passa. E atrai coisas, pessoas ou situações de acordo com aquilo que projetou.
Se você sorri, pode receber um sorriso de volta. Se agride, possivelmente receberá uma agressão de volta. Se tem pena de você e se subestima, poderá atrair quem abuse de você.
Carlos Drummond de Andrade também diz que a verdadeira felicidade é aquela que sentimos, sem que haja motivos. E é verdade!
Ser feliz é estar bem consigo mesmo: pode estar sozinho; pode ter falhado; pode não ter a aprovação da família ou dos amigos; pode estar no meio do nada, mas está consigo mesmo e está feliz.

Texto: Adriana Rosa
Referências:
Valcapelli e Gasparetto, Metafísica da saúde vol.3 : Sistemas endócrino e muscular – Ed. Vida & Consciência

Se você gostou do artigo, deixe seu comentário! E se deseja saber mais sobre o Tarot, aguarde os próximos posts ou conheça também nossos cursos.

Para consultas, clique aqui.
Para cursos, clique aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s